quinta, 19 de julho de 2018

União economiza R$ 2,2 bi com previdência do servidor

5 ABR 2008Por 15h:30
     

A reforma na previdência dos servidores públicos, feita pela Emenda Constitucional nº 41, de 2003, resultou em economia de R$ 2,2 bilhões aos cofres da União em 2007. Isso porque mais de 48 mil funcionários, com idade para se aposentar, decidiram continuar trabalhando devido ao abono de permanência ? pagamento de adicional equivalente ao valor descontado de contribuição para a previdência.

 

?Isso faz com que o servidor ganhe vantagens financeiras ao permanecer em serviço. Há um impacto favorável, porque não é necessário fazer novas contratações para repor as pessoas que já poderiam estar aposentadas?, explica o secretário de Políticas de Previdência Social, Helmut Schwarzer.

 

Outro resultado da reforma foi a queda na necessidade de financiamento para pagamento de benefícios de servidores, da União e dos estados, de 2,72% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2,08%, entre 2002 e 2006, informa o secretário.

 

Leia Também