Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

SOCIEDUCAÇÃO

Uneis terão pontos de internet e telefone

21 MAI 2011Por da redação08h:32

Já começam a ser implementadas as primeiras ações que contemplam o plano de metas apresentado pela Superintendência de Assistência Socioeducativa para otimizar o atendimento nas Unidades Educacionais de Internação da Capital e do interior. De acordo com o superintendente, Hilton Villasanti, a instalação de pontos de internet e telefone fixo em unidades que antes apresentavam problemas para implantação das tecnologias atendem às melhorias propostas para o trabalho desenvolvido pelos agentes de socioeducação e para a atenção aos adolescentes reeducandos.

As primeiras melhorias consistem na instalação de receptores de internet via satélite nas unidades de Ponta Porã, Unei Mitaí, e de Campo Grande, Unei Dom Bosco; e distribuição de 300 colchões de espessura trinta três para uso de servidores e adolescentes em unidades de todo o Estado.

Conforme o superintendente Villasanti, a acessibilidade comunicacional das Uneis Mitai e Dom Bosco aconteciam principalmente devido à distância dos centros urbanos. Somente a empresa Embratel pôde oferecer tecnologia que atendesse plenamente as unidades e os equipamentos já foram instalados para acesso a internet, com conexão dedicada ilimitada de 512 Kb. Além disso as Uneis estão sendo contempladas com novas linhas fixas de telefone.

“Isso vem agilizar toda a questão de implantação do Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) que já está pronto para ser utilizado nessas unidades”, lembrou Villasanti. O Sigo é um sistema que está sendo implantado nas Uneis para fazer um mapeamento das atividades e demanda de cada unidade com números, perfil familiar, casos de reincidência, quantidade de população indígena e estrangeira dos reeducandos, além de oferecer informações educacionais, como boletim escolar. O sistema foi todo adaptado com as terminologias adequadas utilizadas nas políticas públicas de socioeducação, respeitando o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“São sucessivos avanços e melhorias que estamos tendo tanto na estruturação física como na gestão de pessoal, com capacitações. Tudo isso possibilita que o Mato Grosso do Sul efetivamente avance no atendimento a estes adolescentes em conflito com a lei”, observou o superintendente.

Mais socioeducação

A Unei feminina Estrela do Amanhã também será contemplada com a entrega de um forno para a realização trabalhos artesanais feitos com argila. A entrega dos equipamentos e dos colchões é resultado de investimentos aplicados pelo Governo do Estado em consonância ao Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

O plano de metas apresentado pela Superintendência de Assistência Socioeducativa contempla a implementação do atendimento multidisciplinar de psicologia, serviço social, educação regular e educação física aos internos. Reuniões periódicas também passarão a fazer parte da rotina das unidades, integrando direção, servidores e socioeducandos.



 

Leia Também