Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

MS FORTE SEGURANÇA

Uneis terão gerenciamento de informações

3 MAI 2011Por DA REDAÇÃO14h:33

A Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS) da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apresentou hoje (3) o novo sistema informatizado de gerenciamento de informações que será utilizado nas Unidades Educacionais de Internação (Uneis).

O secretário titular da Sejusp, Wantuir Jacini, participou do evento de apresentação no auditório da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e ressaltou que a nova forma de gerenciamento “dará mais agilidade administrativa porque as informações serão online. Então o que acontecer em qualquer unidade do Estado a central fica sabendo de forma instantânea”, explicou o secretário.

Segundo o superintendente de Assistência Socioeducativa, Hilton Villasanti, o Sistema Integrado de Gestão Operacional (Sigo) que está sendo implantado traz também outros benefícios para o gerenciamento das Uneis no Estado.

“O sistema foi todo adaptado com as terminologias adequadas utilizadas nas políticas públicas de socioeducação, respeitando o ECA [Estatuto da Criança e do Asolescente]. O sistema vai proporcionar uma gestão virtualizada, como por exemplo a disponibilidade do boletim escolar do adolescente, o agendamento médico e psicossocial”, afirma Villasanti. “É um sistema que nos dará todo o perfil e o histórico dos adolescentes que estão hoje nas unidades”, completa.

Conforme o coordenador do projeto Sigo nas Uneis, Edson Rodrigues Leopoldino, o sistema online proporciona todos os níveis de gestão para a Superintendência de Assistência Socioeducativa. “O Sigo vai oferecer números, perfil familiar, casos de reincidência, quantidade de população indígena e estrangeira. São dados que quantificam e qualificam dados para a criação de políticas públicas. Fica tudo mapeado”, esclarece o coordenador.

Metas

O encontro também serviu para a apresentação do cronograma de metas que devem ser apresentadas pelas unidades de todo o Estado. As Uneis da Capital e do interior também devem atender ao plano de metas estabelecido pelo programa MS Forte Segurança, conforme explica o secretário Jacini. “Com estas metas nós procuramos aferir o desempenho dos servidores para uma possível correção nos trabalhos”, disse Jacini.

Para o superintendente Villasanti, as metas que são colocadas para as unidades servem para cobrar resultados efetivos após importantes investimentos aplicados pelo governo do Estado em todas as Uneis de Mato Grosso do Sul. “Todas estão adequadas com sua estrutura física para o adolescente receber toda a assistência socioeducativa. Temos duas unidades com centros médicos, uma em Campo Grande e outra em Dourados, oferecemos tudo o que prevê o ECA”, observa.

Leia Também