SAÚDE

Uma entre 10 noivas perde mais de 20 kg para casar, diz estudo

Uma entre 10 noivas perde mais de 20 kg para casar, diz estudo
02/07/2012 00:00 - TERRA


Quando o assunto é casamento, a maioria das mulheres quer emagrecer alguns quilos para ficar perfeita no vestido de noiva dos sonhos. Porém, especialistas alertam que o efeito iô-iô e a perda drástica de peso podem trazer problemas a longo prazo para a saúde. As informações são do site Daily Mail.

De acordo com pesquisa realizadas pela XLS-Medical, mais de 5 milhões de mulheres no Reino Unido emagrecem antes do casamento. No entanto, o dado que realmente impressiona é que mais de 1 em 10 chega a eliminar até mais de 20 quilos. Além disso, 57% dessas mulheres que emagrecem antes do casamento recuperam parte do peso perdido já na lua de mel.
"Perdas rápidas de peso não são recomendadas, pois o certo é optar por perder os quilos a mais de forma equilibrada, como consequência de uma dieta sensata e mudanças no estilo de vida. Esse resultado traz não só a eliminação dos excessos como também outros benefícios para a saúde", alerta Matt Capehorn, diretor clínico do National Obesity Forum.

A perda drástica de peso, especialmente sem acompanhamento médico, provavelmente resultará na rápida recuperação dos quilos. O ideal é adotar uma dieta saudável e um plano de exercícios montado por um profissional, mantendo sempre em mente os objetivos realistas.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".