Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRAGÉDIA

Um morre e 5 ficam feridos em acidente com três veículos

Um morre e 5 ficam feridos em acidente com três veículos
11/02/2014 09:00 - TARYNE ZOTTINO E DANIEL CAMPOS


Um motociclista morreu e cinco pessoas ficaram feridas, na rodovia BR-060, a 20 km de Sidrolândia (MS), na manhã desta terça-feira (11), por volta das 6h, em grave acidente envolvendo três veículos. Rubens Costa da Silva, de 41 anos, conduzia uma motocicleta Titan com placas de Campo Grande. Ele deixa mulher e dois filhos. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para atender as vítimas. 

A moto e um Gol trafegavam sentido Sidrolândia - Campo Grande, quando o condutor de outro Gol, que vinha no sentido contrário, provocou o acidente. Ele foi identificado como Ricardo Nunes Ferreira, 33 anos, e ficou bastante ferido. Foi encaminhado para Campo Grande sem sentir os braços e as pernas. Com o impacto, Ricardo foi jogado para fora do veículo e caiu no acostamento. Segundo a polícia, ele teria invadido a pista e bateu no outro carro de passeio. Em seguida, a moto colidiu com o veículo de Ricardo, foi arremessada e chocou-se com o segundo Gol. 

O motorista do Gol que vinha no mesmo sentido da motocicleta, André Jesus de Siqueira, 34 anos, tinha a esposa, Fátima Esquivel, 26 anos; o filho do casal, uma criança 9 de anos; e Evanildo Esquivel da Costa, 22 anos, como passageiros. A mulher estava com dores no quadril e os demais sofreram escoriações. André foi encaminhado para Sidrolândia com um corte profundo no braço e sua família, trazida para a Capital. 

Em um primeiro momento, Ricardo afirmou que era garupa da moto. Por causa dessa versão, a suspeita era que o motorista do Gol havia fugido. Apenas com a chegada da família da vítima, os policiais constataram que Rubens estava sozinho e a perícia encontrou os documentos de Ricardo embaixo do banco de seu carro. 

Matéria atualizada às 9h40min para acréscimo de informações

Felpuda


É grande a expectativa em torno de qual foi a justificativa de conhecida figura que beneficiou sujeito, e este, aproveitando a, digamos, boa vontade demonstrada, simplesmente “sumiu do mapa”. Órgão nacional pediu explicações para o “benfeitor”, e o prazo já venceu. Como as decisões por lá não ficam escondidas do distinto público, logo, logo, a curiosidade deverá ser contemplada. É esperar para conferir!