Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Uemura chefiou venda de folha de pagamento da Câmara para a CEF

16 JUL 2009Por 23h:55
     

        Enviado Especial

         

Após concluir que Eduardo Uemura (Dudu) encabeçou negociação para tirar do Banco do Brasil (BB) parte do pagamento da folha do serviço público municipal de Dourados e transferir a responsabilidade para a Caixa Econômica Federal (CEF), a Polícia Federal suspeita que as articulações resultaram em vantagens financeiras irregulares para os envolvidos na negociata. Causou estranheza aos policiais o fato de Dudu chefiar o esquema, já que não faz parte de nenhuma instituição pública envolvida no processo. Isso levou a PF a desconfiar do interesse financeiro tanto de Dudu quanto dos demais envolvidos na negociação.

        A suspeita ganhou ainda mais fôlego ao levar em conta o histórico de Eduardo Uemura. Ele faz parte da família, apontada como líder de uma organização criminosa para fraudar licitações e cometer outros crimes junto a órgãos públicos da região, que movimentou mais de R$ 20 milhões.

Leia Também