Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Educação

UEMS abrirá 40 vagas para curso de Medicina neste ano na Capital

28 JAN 2014Por Gabriel Neris09h:00

O curso de Medicina da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) contará com 40 aprovados na primeira turma do vestibular ainda neste ano. A afirmação foi feita pelo governador André Puccinelli (PMDB) ontem (27) durante a cerimônia de entrega de patrulhas mecanizadas para 12 municípios.

Este será o terceiro curso de Medicina na Capital, atrás da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e da Anhanguera/Uniderp. Puccinelli afirmou que o número de vagas para o curso poderia ser maior, mas houve precaução por parte do governo Estadual.

“O MEC (Ministério da Educação) nos deu a possibilidade de abrir 60 vagas”, revelou o governador. Entretanto, com a expectativa criada em torno do início do curso, a estimativa é que já no ano que vem o número de vagas aumente. “Ampliaremos no decorrer, ou seja, o próximo governador no decorrer do seu exercício. Vamos fazer o vestibular para 40 alunos”, garantiu Puccinelli.

O prédio da UEMS na Capital está em fase de construção na rodovia MS-080, na saída para o município de Rochedo, próximo ao Centro de Pesquisas da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer).

A obra está inserida no pacote de investimentos do MS Forte 2 do governo do Estado. Somente na unidade da construção da Uems em Campo Grande serão investidos R$ 45 milhões. No valor também estão inclusas as instalações físicas para implantação do curso de Medicina.

A nova unidade de Campo Grande atenderá, em média, 1.800 alunos e mais 24 mil usuários de serviços de saúde por ano após o sexto ano de implementação da faculdade de Medicina. Os cursos abrirão 60 vagas por ano. 

Leia Também