Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

UE recua de meta de biocombustíveis e visa acordo com Brasil

5 JUL 2008Por 19h:30
     

        Representantes do setor de energia da União Européia cogitaram um acordo com o Brasil sobre biocombustíveis neste sábado, ao final de uma reunião de três dias em Paris, durante a qual eles se afastaram da polêmica meta de biocombustíveis da região.
        
        Apesar de não terem realizado propostas de mudanças concretas para a legislação de biocombustível, os ministros afirmam que a UE falhou em comunicar apropriadamente seus planos para fazer com que 10 por cento do combustível dos transportes terrestres venham de fontes renováveis, como os biocombustíveis, até 2020. O ministro do Meio Ambiente francês, Jean-Louis Borloo, disse que muitas pessoas entenderam erroneamente que a meta significaria 10 por cento apenas de biocombustíveis.
        
        Borloo afirmou que a UE deixou claro que a meta também inclui veículos elétricos recarregáveis, usando eletricidade verde ou alimentados por hidrogênio --tecnologia em desenvolvimento que apesar de não poder ser utilizada nos dias de hoje pode ter um papel fundamental até 2020. Há 18 meses, os biocombustíveis pareciam uma idéia ótima, mas seu valor agora não parece mais tão claro, acrescentou o ministro.
        

        (Com informações da Folha Online)

Leia Também