Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BOLÍVIA

Túmulos são arrombados e cadáveres roubados

11 MAR 11 - 00h:01CAPITAL DO PANTANAL

Vários túmulos do cemitério Arnaldo Capovianco, em Puerto Suarez (Bolívia),f ronteira com Corumbá (MS), apareceram arrombados e saqueados nesta semana. Muitos vizinhos e funcionários da prefeitura estão apavorados e assombrados com tamanho vandalismo realizado no cemitério, onde foram encontrado pelo menos sete sepulcros quebrados e sem os cadáveres.

O último caso aconteceu na noite de terça-feira de carnaval e, na madrugada de Quarta-feira de Cinzas, um dos vizinhos escutou seu cachorro latindo, denunciando os ladrões que estavam no interior do cemitério.

O prefeito municipal Ruben Rivero e seus funcionários foram até o cemitério e viram o ato de depredação que vem acontecendo nos mausoléus, “estão quebrados e no seu interior não há nada. No túmulo da Maritza Montesinos só deixaram seus cabelos e suas vestimentas, o jazido de um pastor também se encontrava arrombada e completamente vazia e sem nome dos defuntos”.

A maioria dos vizinhos foi ao cemitério assustado para ver se nenhum dos corpos roubados era de algum familiar, no entanto a polícia começou a investigação para proporcionar com exatidão quais foram os jazigos saqueados.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR na Arena da Baixada
BRASILEIRÃO

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes
ESTACIONAMENTO

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes

Senado aprova MP da Liberdade Econômica sem previsão de trabalho aos domingos
BRASIL

Senado aprova MP sem previsão de trabalho aos domingos

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte
VAZA JATO

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte

Mais Lidas