quarta, 18 de julho de 2018

Tucano faz nova denúncia contra Sarney no Conselho de Ética

23 JUL 2009Por 21h:44
     

Da redação

 

A oposição fez hoje mais dois movimentos para pressionar o presidente José Sarney (PMDB-AP) a deixar o comando do Senado. O líder da bancada tucana, senador Arthur Virgílio (AM), fez a quarta denúncia contra Sarney no Conselho de Ética. Já os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Cristovam Buarque (PDT-DF) vão solicitar formalmente ao presidente do Conselho de Ética, Paulo Duque (PMDB-RJ), que antecipe "o quanto antes" a reunião marcada para dia 4 que examinará as quatro denúncias e a representação (PSOL) impetradas contra Sarney.

Na denúncia, Virgílio pede a instauração de processo disciplinar, dando o prazo de cinco dias para que Sarney e o ex-diretor do Senado Agaciel Maia, sejam ouvidos sobre o teor das escutas feitas legalmente pela Polícia Federal e que revelam as negociações para empregar um namorado da neta do presidente do Senado.

Leia Também