Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Tucana ameaça deixar presidência da CPI dos Cartões

19 MAR 2008Por 19h:52
     

Lidiane Kober, com informações da Agência Estado

 

Um dia depois de a CPI dos Cartões Corporativos começar a colher depoimentos, a presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), ameaçou deixar o cargo. A sua atuação à frente da CPI foi duramente criticada pelo seu colega de partido, Álvaro Dias (PR), no primeiro dia de depoimentos. Ela tentou defender os trabalhos, mas não conseguiu conter a revolta do senador paranaense.

Sob fogo cruzado, Marisa deu hoje um ultimato aos integrantes da CPI que, mais uma vez, desertaram da sessão por falta de firmeza de comando. Sem controle dos trabalhos, a tucana afirmou que, se após o feriado da Páscoa os requerimentos que estabelecem quebras de sigilos não forem aprovados, ela sai da CPI.

Leia Também