Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

PRESENTE DE NATAL

Tributos representam até 78,4% do valor

4 DEZ 2010Por Infomoney13h:03

Estudo realizado pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) e divulgado ontem mostrou que os tributos chegam a representar 78,43% do valor do presente de Natal deste ano, assim como em 2009.

Apesar do recorde em arrecadação de tributos este ano que, segundo estimativa também do IBPT, chegará a R$ 1,27 trilhão, os produtos natalinos não sofreram alterações em relação ao ano passado.

Ainda assim, os tributos continuam elevados, mesmo quando se trata dos tradicionais alimentos que fazem parte da ceia natalina. A cada espumante comprado, por exemplo, 59,49% são destinados aos cofres públicos; nas nozes, 36,45% do preço vai para o leão. "Nesses produtos, a quantidade de tributos federais é maior do que a dos estaduais e municipais, mas o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços), um tributo estadual, é um dos que mais incide sobre o valor final dos produtos, podendo alcançar uma alíquota de 25%", afirma o presidente do IBPT, João Eloi Olenike.

Ranking
Os dados mostram que o perfume importado é o presente com maior carga tributária. "A tributação dos importados é maior, pois, além deles todos os tributos incidentes sobre os produtos nacionais, ainda estão embutidos o imposto de importação", explica Olenike.

Em seguida, aparecem os jogos eletrônicos (78,43%), jogos eletrônicos (72,18%), perfume nacional (69,13%) e uísque (61,22%), de acordo com a tabela abaixo:

Produto Impostos
Aparelho de barbear 40,78%
Aparelho de MP3 ou iPod 49,45%
Árvore de Natal 39,23%
Bacalhau importado 43,78%
Biquíni 33,44%
Bola de futebol 46,49%
Bolsa de couro 41,52%
Brinquedos 39,70%
Cartão de Natal 37,48%
CD 37,88%
Chester/peru/pernil 29,32%
Energia elétrica 48,28%
Enfeites de Natal 48,02%
Espumante 59,49%
Frutas 21,78%
Jogos eletrônicos 72,18%
Joias 50,44%
Laptop (acima de R$ 3 mil) 33,62%
Livros 15,52%
Microcomputador (até R$ 3 mil) 24,30%
Moto (acima de 250 CC) 64,65%
Moto (até 125 CC) 43,81%
Nozes 36,45%
Óculos de sol 44,18%
Panetone 34,63%
Passagem aérea 22,32%
Patins 52,78%
Peixes 34,48%
Perfume importado 78,73%
Perfume nacional 69,13%
Presépio 35,93%
Refrigerante (lata) 45,80%
Roupas 34,67%
Sapatos 36,17%
Telefone celular 39,80%
Televisor 44,94%
Tênis importado 58,59%
Uísque 61,22%
Veículo 1.0 36,82%
Veículo 2.0 41,12%
Vinho 54,73%
Fonte: IBPT

Escolha livros
Uma alternativa financeiramente viável, já que detém poucos impostos e ainda possui durabilidade, são os livros.

No presente, é possível estipular quanto você gastará e garantir que o item irá agradar seu amigo ou parentes. Isso porque as livrarias do país oferecem vale-livros. Você escolhe o valor e o presenteado, o título.
 

Leia Também