Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Tributação do telefone e da TV é mais conhecida que a do pão

7 SET 2010Por 01h:00
     

        O brasileiro tem mais conhecimento sobre a incidência de impostos em produtos como telefones e televisores do que sobre produtos essenciais, como o pão francês, revela levantamento realizado pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro).

Ao serem perguntados se sabiam os impostos cobrados sobre 10 produtos e serviços, 94,3% disseram sim para o telefone, contra 88% para o pãozinho. No topo da lista dos produtos cuja tributação os brasileiros declaram conhecer, está a luz, com 96,1%. Também aparecem com mais de 90% de respostas, a gasolina (91,6% que dizem saber), seguida dos aparelhos de celular e de televisão, ambos com 90,2%.

Atrás do pão francês em número de respostas positivas para o conhecimento sobre os impostos, estão o micro-ondas, com 87,1%, o refrigerante, com 86,5%, o perfume e o tocador de MP3, com 85,3% e 84,5%, respectivamente.

Na média geral dos 10 itens analisados, 89,4% dos 2.482 entrevistados dizem saber os tributos incidentes em produtos e serviços.

O que os olhos não veem...

Quando questionados sobre os tributos que mais conhecem, mesmo só ouvindo falar, os brasileiros declaram ter uma percepção mais clara dos que são pagos diretamente, como o IPTU e o IPVA, que vêm em primeiro e segundo lugares em número de respostas positivas. Logo em seguida, vêm aqueles que incidem sobre o salário, como o IR (Imposto de Renda) e a contribuição ao INSS, e estão discriminados no holerite, o que dá uma noção melhor da cobrança.

Por outro lado, os tributos indiretos, apenas embutidos nos preços de produtos e serviços - caso do ICMS, IPI, ISS e PIS, por exemplo -, são menos conhecidos, provavelmente porque não aparecem discriminados na nota fiscal. A exibição dos tributos na nota, aliás, é considerada relevante para mais de 80% dos entrevistados.

 

A tabela mostra a participação dos tributos em relação ao conhecimento dos contribuintes:

Tipos de tributos que os brasileiros conhecem

Tributo Respostas positivas

IPTU 65,3%

IPVA 44,2%

Imposto de Renda 43,5%

INSS 42,4%

ICMS 29,4%

PIS 14%

IPI 13,7%

ISS 11,4%

IOF 7,1%

Cofins 6,6%

ITBI 1,7%

CSLL 1%

Fonte: Firjan

 

Tributação nos produtos

Mesmo os brasileiros que dizem conhecer os tributos que incidem sobre os produtos se surpreenderiam com o quanto eles podem representar do preço final. Um outro levantamento, realizado pelo IBPT, mostra que, no caso do pão francês, citado no início desta notícia, a tributação é a mais baixa (14,75%). Já na conta de luz, 48,28% são destinados aos cofres públicos.

Celulares e aparelhos de TV recolhem 39,80% e 44,94% de tributos, respectivamente, menos do que um tocador de MP3 (49,45%).

O perfume é o produto com a maior incidência de tributos, de 69,13%. O micro-ondas tem 47% do seu preço destinado à tributação, enquanto no refrigerante os tributos representam 45,80%, se for em lata, e 43,91%, em garrafa.

Leia Também