Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Caso Giovanna

Tribunal de Justiça concede liberdade e acusado de agredir namorada já está em casa

27 JAN 2014Por Gabriel Maymone, Taryne Zottino e Eduardo Miranda19h:00

Menos de uma semana depois de ser preso, Matheus Georges Zadra Tannous, 19 anos, acusado de espancar e quebrar o rosto da namorada, Giovanna Nantes, também 19, foi solto pela Justiça e, segundo os advogados de defesa, já está em casa. 

A prisão preventiva do rapaz foi decretada no dia 7 de janeiro, ficou foragido por duas semanas, quando foi localizado internado no Hospital Nosso Lar. Ele estava em uma das celas da 4ª DP, nas Moreninhas.

A delegada responsável pelo caso, Rosely Molina, informou ao Correio do Estado que ainda não foi notificada sobre o Habeas Corpus.

Caso
O casal namora há um ano e morava junto há seis meses em um apartamento na Rua São Paulo, Vila Gomes, em Campo Grande.

Quando Giovanna foi socorrida pelo Samu, ela estava inconsciente e com duas lesões: mandíbula e um osso abaixo do olho quebrados. Após ser liberada do hospital, a jovem viajou para Londrina sem prestar depoimento.

Segundo o pai de Giovanna, Luiz Carlos de Oliveira, ela permanecerá no Paraná até o momento que for liberada pela psicóloga para prestar depoimento à polícia. O inquérito está na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) da Capital.

Enquanto isso, Matheus, que nega a agressão e alega que a jovem sofreu uma queda no apartamento.

Leia Também