Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

REALENGO

Três vítimas do massacre ainda permanecem internadas

22 ABR 2011Por AGÊNCIA BRASIL14h:31

A menina Thayanne, de 13 anos, ferida no massacre na escola em Realengo, permanece internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, na Baixada Fluminense, em observação rigorosa, com quadro de saúde regular, mas que inspira cuidados.

A estudante foi submetida a uma cirurgia para revisão da cavidade abdominal e recolocação de dreno ontem (21).

O boletim da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil divulgado hoje (22) informa ainda, que no mesmo hospital está internado em observação o adolescente Luan Vitor, de 13 anos, com um quadro de saúde estável.

Já no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, está internado no CTI o estudante Edson, de 14 anos, com quadro estável e melhora clínica satisfatória.

No final da tarde desta quinta-feira (21) teve alta do mesmo hospital o adolescente Carlos Matheus, 13 anos. Ele tinha retornado ao Albert Schweitzer na última terça-feira (19) queixando-se de fortes dores no braço esquerdo, atingido por dois tiros ao se defender dos disparos feitos contra sua cabeça pelo assassino Wellington de Oliveira.

Leia Também