domingo, 22 de julho de 2018

Três times de SP ainda não definiram os patrocinadores de 2009

29 DEZ 2008Por 18h:20
     

Três grandes clubes da capital paulista estão prestes a abrir 2009 sem patrocínio. Corinthians, Palmeiras e São Paulo amargam o fim de parcerias com Medial, Fiat e LG, respectivamente, e ainda não anunciaram oficialmente nenhum substituto. Podem renovar os contratos ou simplesmente trocar de marcas. Há a possibilidade, mesmo que remota, de o trio de ferro estrear na temporada com a camisa limpa, à moda antiga, bonito e tradicional, mas pouco funcional nos tempos atuais.

 

Os clubes têm na receita de patrocínio do uniforme (camisa, calção e meião) um valor fundamental para fechar as contas no fim do ano. É dinheiro sagrado. E todos estão se mexendo para iniciar o Paulistão, em 21 de janeiro, de camisa nova, mas sobretudo com um polpudo acordo assinado.

 

A situação é bem diferente em relação ao fim de 2007. Doze meses atrás, São Paulo e Palmeiras já tinham contrato vigente. O São Paulo recebeu R$ 16 milhões da LG e o Palmeiras, R$ 10 milhões da Fiat. O Corinthians, mesmo rebaixado para a Série B do Brasileiro, conseguiu o anunciado maior acordo de patrocínio do futebol brasileiro. A Medial Saúde pagou R$ 16,5 milhões ao clube em 2008. O Santos destoa. Ainda tem contrato com a Semp Toshiba perto dos R$ 8,5 milhões/ano.

 

Com informações do Estadão

Leia Também