Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DISPUTA ELEITORAL

Três municípios têm candidatos únicos; já Campo Grande é recordista

Três municípios têm candidatos únicos; já Campo Grande é recordista
13/07/2012 00:00 - ADILSON TRINDADE E DANÚBIA BUREMA


A maior parte dos eleitores em Mato Grosso do Sul não terá muita opção para escolha dos futuros prefeitos. Nos municípios de Taquarussu, Inocência e Dois Irmãos do Buriti, por exemplo, apenas um candidato estará em campanha eleitoral e o seu adversário será o voto nulo por falta de alternativa. E a situação não é muito diferente em outras regiões do Estado em decorrência da escassez de candidatos a prefeito. Em pelo menos 37 cidades, há somente duas candidaturas, uma da oposição e outra da situação.

Em contrapartida, outras 24 prefeituras serão disputadas por três ou mais candidatos. Há também município de pequeno porte com excesso de concorrentes, como Ivinhema e Paranaíba, onde foram registradas cinco candidaturas.

A Prefeitura de Campo Grande é a recordista do Estado em número de candidatos. Sete nomes disputam a sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) – sendo três deles deputados federais, um deputado estadual, um vereador, um candidato derrotado em eleições anteriores e um novato na política. O número é maior inclusive que o da última eleição municipal, onde havia cinco candidatos a prefeito da Capital.
 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!