Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

ESTRAGOS DA CHUVA

Três municípios recebem R$ 3,9 milhões

17 NOV 2010Por DA REDAÇÃO13h:11

Mais três municípios sul-mato-grossenses devem receber esta semana os recursos viabilizados pelo Estado junto ao Ministério da Integração Nacional para recuperar estragos de desastres. Depois do empenho do valor aprovado de R$ 1 milhão para Dourados na semana passada, as próximas cidades que terão o montante empenhado são Anaurilândia, que receberá R$ 1.100.000,00; Batayporã, R$ 1.000.000,00; e Santa Rita do Pardo, R$ 1.800.000,00.

Os planos de trabalho de cada Prefeitura para aplicação do dinheiro já passaram por toda a etapa de análise e autorização e os processos seguiram para empenho, conforme informado hoje (17) pela Secretaria Nacional de Defesa Civil ao chefe da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul (Cedec), Ociel Ortiz Elias. “Entre amanhã e sexta-feira estará sendo feito esse empenho”, explica o coordenador. Os prefeitos dessas três cidades entregaram os planos diretamente ao governador André Puccinelli no dia 11, em Anaurilândia, e as propostas, foram avalizadas tecnicamente pela Cedec, foram protocoladas no dia seguinte no Ministério.

Dourados foi o primeiro município a ter os recursos definitivamente liberados. O dinheiro, repassado diretamente à conta da Prefeitura, será utilizado em ações de recuperação de residências populares e estabelecimentos comunitários que sofreram danos com o temporal.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil já enviou à Brasília os planos de trabalho de mais duas cidades: Bataguassu (R$ 900.000,00), remetido na sexta-feira (12) e Nova Andradina (R$ 800.000,00), apresentado ontem.

Os planos de trabalho apontam detalhadamente como será empregado o recurso financeiro. A elaboração foi acompanhada de perto pela Cedec, para que assegurar que o planejamento está de acordo com os critérios da Defesa Civil Nacional, e sem conflitar com outras fases do processo, como os Decretos de Emergência, onde são apontados o desastre ocorrido, população afetada, e danos causados.

Ainda estão por ser finalizados pelas Prefeituras os planos de trabalho de Três Lagoas, no valor de R$ 1.800.000,00; Naviraí, R$ 1.800.000,00; e Selvíria, R$ 450.000,00.

Ao todo, foram aprovados R$ 10,9 milhões para auxiliar na recuperação de danos em dez municípios atingidos por destelhamentos, inundações alagamentos e interdição de tráfego, resultantes de ocorrências de chuva, vendavais e granizo entre o fim de setembro e início de outubro. Em algumas cidades, o maior impacto foi na região urbana; em outros, na zona rural; e houve cidades que registraram as ocorrências nas duas localidades. Além das nove cidades que decretaram Situação de Emergência, também será contemplada Ponta Porã, que não estava incluída na lista inicial dos processos de solicitação, mas obteve aval de R$ 300.000,00 para a reconstrução de uma ponte.

Leia Também