Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

Mundo

Tremor mata 60 no Japão e provoca Tsunami

11 MAR 2011Por G108h:58

Pelo menos 60 pessoas morreram devido a um forte terremoto de magnitude 8,9 que atingiu a costa nordeste do Japão nesta sexta-feira (11). As informações são do Serviço Geológico dos EUA (USGS). O terremoto gerou ainda um tsunami (onda gigante com potencial destrutivo) que ameaça países da costa do Oceano Pacífico.
O tremor foi o 7º pior da história, segundo a agência americana.

Imagens de TVs locais mostram que o abalo provocou um tsunami, que alcançou áreas da cidade japonesa de Sendai. Carros e barcos foram arrastados, em imagens impressionantes.
Logo após o tremor, um alerta para ondas de até seis metros de altura foi emitido no país. O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, agência americana, também emitiu um alerta para vários países, de onda de até dez metros.

A Polícia Nacional afirmou que pelo menos 60 pessoas morreram e 56 estavam desaparecidas, mas os danos eram tão grandes que iria demorar para se ter uma cifra definitiva. A imprensa local fala em mais mortes.

Ainda não havia informações sobre vítimas brasileiras, segundo o embaixador do Brasil no país. Moram na região próxima ao epicentro pelo menos 17 mil brasileiros, segundo a embaixada.

O tremor teve epicentro no Oceano Pacífico a 130 km da península de Ojika, no Japão, a uma profundidade de 24 km, considerada baixa.

Ele ocorreu às 14h46 (hora local, 2h46 de Brasília) e foi seguido por pelo menos outros 52 fortes tremores de magnitude superior a 5, segundo o USGS, agência americana que monitora e estuda tremores pelo mundo. O governo japonês emitiu um alerta sobre o risco de fortes réplicas.

Tsunami

Um aviso de ondas gigantes foi emitido pelo americano Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico após o terremoto.

As Filipinas ordenaram a retirada de milhares de cidadãos na costa oriental do terço norte do país, pelo risco de a onda gigante atingir a região.

Segundo o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Philvolcs), a onda gigante chegaria ao litoral leste da ilha de Luzon entre 17h e 19h do horário local (6h e 8h de Brasília).
Nova Zelândia, Taiwan, Indonésia e a ilha de Guam também emitiram alertas.

Em 27 de fevereiro do ano passado, um tremor de magnitude 8,8 atingiu o Chile e deixou mais de 800 mortos. O terremoto no Chile, considerado então o quinto maior da história, ocorreu durante a madrugada e também causou tsunamis. O epicentro foi a 35 km de profundidade.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também