Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COPA DO MUNDO DE 2014

Treinador da Suíça detona Manaus: ''irresponsabilidade jogar na selva''

Treinador da Suíça detona Manaus: ''irresponsabilidade jogar na selva''
09/01/2014 10:30 - terra


A cidade de Manaus, uma das sedes para a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil, voltou a ficar no centro dos holofotes da imprensa internacional. Após a polêmica com o técnico da Inglaterra Roy Hodgson, pouco antes do sorteio dos grupos do Mundial, foi a vez do comandante da seleção suíça Ottmar Hitzfeld tecer fortes críticas à escolha do município para sediar jogos da competição entre seleções.

Em entrevista à rádio alemã SWR1 replicada por diversos meios de comunicação do mundo, Hitzfeld afirmou que considera ser quase irresponsável alguém ter que jogar futebol no meio da selva amazônica. O treinador ainda criticou o aspecto comercial da escolha de Manaus como uma das sedes para o evento. 

O município amazonense será palco do último confronto da Suíça na fase de grupos da Copa do Mundo, contra Honduras. Antes, os europeus passarão por Brasília e Salvador. As longas viagens, com a passagem por Manaus como ponto crítico, também foram alvo de Hitzfeld.

Antes de Hitzfeld, o treinador da Inglaterra Roy Hodgson já havia deixado clara a postura contrária a Manaus, ao criticar o forte calor e a umidade da cidade.

Na época, Hodgson disse que não gostaria de jogar no município, em uma polêmica que envolveu até autoridades do Amazonas - ironicamente, poucos dias depois, o sorteio da Copa colocou a Inglaterra em uma partida contra a Itália em Manaus.

Felpuda


Espalhar notícias ruins tornou-se muito mais rápido com o uso da tecnologia, e, além disso, não se trata mais de ações dos adversários. Isso é o que pôde ser visto ultimamente, quando a tchurminha do “aliado” tratou de deixar muita gente informada sobre o que a chamada "grande imprensa” tinha publicado, enviando notícias pelo WhatsApp e postando nas mídias sociais. E assim caminha a humanidade...