domingo, 22 de julho de 2018

TRE mantém direito de prefeito de Bataguassu tomar posse

26 NOV 2008Por 20h:15
     

Lívia Ferreira

 

Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu, na tarde de  hoje, manter o direito de o prefeito reeleito de Bataguassu, João Carlos Aquino Lemes (PT), tomar posse. Durante a campanha, a Justiça Eleitoral da primeira instância declarou o prefeito inelegível e cassou o registro da candidatura dele após receber denúncia de compra de votos. Lemes concorreu amparado em liminar e o mérito do recurso foi julgado hoje.

        A acusação contra o petista foi protocolada pela coligação "Trabalho, Transparência e Respeito", que teve com candidato o delegado Pedro Arlei Caravina (PSDB). A coligação acusava Lemes de ter mandado máquinas da prefeitura fazer obras em propriedade particular. No recurso contra a condenação, o advogado José Valeriano Fontoura argumentou que a obra, um reparo feito em uma represa, foi realizada porque poderia inundar uma estrada vicinal. "O TRE também entendeu que não havia potencialidade para mudar o resultado das eleições", disse o advogado.

Leia Também