Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

TRE devolve cargo a prefeito de Deodápolis

15 ABR 2009Por 21h:52
     

Maria Matheus

 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) devolveu o cargo ao prefeito de Deodápolis, Manoel José Martins (PSDB), conhecido por Manezinho. No dia 1º de abril, a juíza Ellen Franco cassou o diploma do tucano e o declarou inelegível por três anos, pelo uso da máquina pública na campanha eleitoral, incluindo a contratação de pessoal durante o período vetado por lei.

 

Hoje, Manezinho conseguiu liminar do juiz do TRE José Paulo Cinoti, suspendendo temporariamente os efeitos da decisão da juiza de Deodápolis até o julgamento final do processo. O TRE deve julgar também o recurso de Manezinho contra a decisão de Ellen Franco, mas a data do julgamento ainda não foi agendada.

Leia Também