terça, 17 de julho de 2018

TRE cassa mandato de senador

21 AGO 2008Por 21h:00
     

        O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia cassou o mandato do senador Expedito Júnior (PR). O tribunal acatou denúncia do Ministério Público, que acusa Expedito de participar de um esquema de compra de votos nas últimas eleições, há dois anos.
        
        "Às vésperas das eleições de 2006, [o senador] foi beneficiado por um esquema de compra de votos sob o pagamento de R$ 100 para empregados da empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda., cujo sócio é seu irmão, Irineu Gonçalves", diz o site do Ministério Público Federal em Rondônia, que divulgou a notícia.

        Com informações da Agência Brasil
        

Leia Também