Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Travesti assassinado a tiros em ponto de prostituição de Dourados

23 FEV 10 - 03h:58
O travesti Sandro Fernandes de Souza, de 22 anos, que morava no Condomínio Residencial Itaju I, no Bairro Parque Alvorada, foi assassinado com cinco tiros à queimaroupa. O crime aconteceu na noite de anteontem, na Rua Joaquim Teixeira Alves, no centro de Dourados, em um local que é conhecido como ponto de prostituição. Sandro Souza, que era conhecido como ‘Sandra’, estava em companhia de dois travestis, nas imediações de uma distribuidora de bebidas, quando um homem que estava de bicicleta chegou perto do grupo e passou a atirar em direção à vítima. Sandro Souza foi atingido por três disparos nos braços, um no peito e outro no tórax. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros socorreram o travesti Souza e o encaminharam ao Hospital da Vida que morreu a caminho do estabelecimento. O autor do crime está sendo procurado pela polícia. A ocorrência foi registrada no plantão do 1º Distrito Policial. Até o final da tarde de ontem ainda não havia pista do criminoso. Mais homicídio O homicídio de Sandro Souza foi o segundo caso de assassinato registrado no final de semana em Dourados. Na noite de sábado Roberto Carlos A lves da Costa, 26 anos, conhecido como ‘Espeto’ foi morto a tiros em frente de um bar na Rua Natal no Jardim Monte Líbano. O autor do crime, identificado apenas como ‘João Grilo’, está foragido.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

A melhor gangue de todos os tempos
VIA STREAMING

A melhor gangue de todos os tempos

Renato Gaúcho desmente renovação com o Grêmio: 'Nem comecei a conversar'
FUTEBOL

Renato Gaúcho desmente renovação com o Grêmio: 'Nem comecei a conversar'

Petrobras divulga nova fase do processo de venda de refinarias
BRASIL

Petrobras divulga nova fase do processo de venda de refinarias

'Estamos desestatizando o mercado de crédito', diz Guedes
PAULO GUEDES

'Estamos desestatizando o mercado de crédito', diz Guedes

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião