sexta, 20 de julho de 2018

Traficantes de Ponta Porã agiam em Jundiaí

11 OUT 2010Por 02h:00

A Polícia Civil de Jundiaí desarticulou no sábado uma quadrilha que distribuía droga no Paraná, em São Paulo e era chefiada por um casal de Ponta Porã. A operação denominada Tarrafa resultou na prisão de seis pessoas e apreensão de um adolescente. O trabalho culminou na apreensão de 24 quilos de maconha, três veículos, R$ 3 mil e seis aparelhos celulares.
De acordo com a polícia, uma mulher conhecida como Neia, de Ponta Porã, é a líder da quadrilha e a responsável pela venda de drogas para Jundiaí e Várzea Paulista. Presos do Centro de Detenção Provisória de Pinheiros (SP) negociavam com Neia a quantidade de droga que seria distribuída. Já Sérgio Irala, também de Ponta Porã e comparsa de Neia, foi apontado como responsável pelo recebimento do dinheiro e movimentações bancárias.
Conforme a polícia de Jundiaí, a mulher comprava a droga do Paraguai, revendia no Brasil e contratava pessoas para fazer o transporte de maconha, crack e cocaína para outros estados. Após quatro meses de investigações, a polícia prendeu cinco pessoas. (VS)

Leia Também