Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Especial

Tradicional, Tereré é boa pedida para reunir amigos no fim de tarde campo-grandense

26 AGO 12 - 18h:00ANAHI ZURUTUZA

O tereré não pode faltar nos espaços de lazer de Campo Grande. Com o calor de mais de 30 graus costumeiro da Capital, a bebida é uma boa pedida. O funcionário público Fabio Luiz de Arruda, 33, gosta de reunir-se com amigos para um tereré em frente ao Parque das Nações Indígenas.

Revitalizado em maio do ano passado, o espaço ganhou nova iluminação, investimento de R$ 1,2 milhão. Mais R$ 1,7 milhão custearam a reforma da ciclovia, dos quiosques, pintura e conserto das grades que cercam o parque, a instalação de mais duas portarias, o recapeamento das pistas e ativação de um posto da Polícia Militar (PM). “Venho todos os finais de semana e, se der, durante a semana também, depois do serviço”, conta Arruda.

Os namorados Tiago, 28, e Marlyn Raizer, 20 anos, são companhias frequentes de Fabio. “É bom para relaxar, distrair um pouco com o movimento”, comenta Tiago.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RASTRO DE DESTRUIÇÃO

Recuperação de cidade afetada por rompimento de barragem na BA poderá levar meses

Vasco entra no STJD com pedido de impugnação do jogo contra o Grêmio no Sul
BRASILEIRÃO

Vasco entra no STJD com pedido para impugnar partida

PRESIDENTE DA CCJ

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz Simone

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

Mais Lidas