Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Trad garante que não há racha no PMDB

5 FEV 10 - 01h:33MARIA MATHEUS E SILVIA TADA
O prefeito de Campo Gra nde, Nelsi n ho Trad (PMDB), afirmou ontem que não haverá divisão no PMDB, embora ele tenha anunciado apoio à précandidatura da ministrachefe da Casa Civil Dilma Rousseff (PT) na sucessão presidencial, enquanto a tendência do governador é dar palanque ao candidato do PSDB, José Serra. Nelsi n ho gara nt iu que não recuou de sua decisão, mas disse que seu apoio à petista depende de o PMDB se aliar ao PT em nível nacional. “Eu tenho que me submeter à direção nacional do meu part ido”, en fatizou, em entrevista ao Correio do Estado. Ontem, na inauguração da Academia ao Ar Livre na praça do Bairro Jockey Club, o prefeito assegurou que nunca brigou com o governador. No ú lt imo domingo, André conversou com Nelsinho sobre o fato de ele ter anunciado apoio a Dilma, independentemente da posição do d i retór io reg ion a l. Os dois se encontraram também na quarta-feira, segundo o próprio prefeito. “Não existe divisão no partido. Nunca briguei com André e nunca vou brigar. Quem apostar na briga, vai apostar errado”, declarou. Nelsinho voltou a frisar que sua prioridade na campanha deste ano é trabalhar pela reeleição de Puccinelli. Ele também reafirmou que é “simpático” ao governo do presidente Luiz Inácio Lu la da Silva e a Dilma pelos i nvest imentos federa is em Campo Grande – um dos argumentos usados na conversa com o governador para expl icar sua posição de defender a candidatura da ministra. “Quem inventou o termo que a Dilma era fada madrinha foi o próprio André”, comentou.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável
VEJA O VÍDEO

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável

Criança adotada em MS é torturada pelos pais no Paraná
ESTADO GRAVE

Criança adotada em MS é torturada pelos pais no Paraná

STF: candidatura avulsa pode ser votada no 1º semestre, diz Barroso
BRASIL

STF: candidatura avulsa pode ser votada no 1º semestre, diz Barroso

Justiça mantém investigação da PF sobre propina no Detran
OPERAÇÃO LAMA ASFÁLTICA

Justiça mantém investigação da PF sobre propina no Detran

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião