quinta, 19 de julho de 2018

Trabalhadores protestam por salários atrasados em curtume

29 SET 2008Por 09h:20
     

Mireli Gonçalves

 

Um grupo de 100 trabalhadores do curtume Campo Grande, localizado no Núcleo Industrial, está impedindo a entrada de funcionários na unidade, em protesto ao atraso no pagamento salários e férias.

O MPT (Ministério Público do Trabalho) deve ser acionado para negociar com os funcionários.

O presidente do sindicato laboral, Eribelton Freitas, afirma que alguns trabalhadores estão há 45 dias sem receber e outros com duas férias em atraso.

Leia Também