Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Trabalhadores paralisam atividades por atraso no salário

12 JUN 2008Por 14h:30
     

 

 

Cerca de 400 trabalhadores da usina Quebra Coco, em Sidrolândia, paralisaram as atividades. Os funcionários protestam o não pagamento do salário do mês de maio. Desde 2007, esta é a quarta vez que a usina atrasa o pagamento. Segundo Oviedo Santos, diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Fabricação do Açúcar e Álcool de Rio Brilhante, a paralisação será por tempo indeterminado.

Leia Também