Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Trabalhadora realiza sonho com empresa

21 FEV 10 - 07h:42
Maria de Lourdes Carvalho há 11 dias realizou um sonho: conseguiu tornar formal o trabalho de mais de dez anos. A empresa de cestas café da manhã e telemensagens desde o dia 10 de fevereiro já pode emitir nota fiscal, registrar a funcionária que até então era informal e, ser enfim, considerada um negócio legal. Conquista que emociona a agora empresária. Desde 2000, Maria trabalha em casa. Aos poucos montou um site, uma pequena central telefônica e na própria cozinha reserva um espaço para os produtos e a montagem das cestas, que presenteiam aniversariantes e outros clientes. Ela também tem uma salinha de costura, na qual fabrica artesanalmente os adornos e ursos de pelúcia que fazem parte do produto que oferece. Tornar sólida a empresa só dependia de um papel – já que esse tinha se tornado o ganha-pão da família há muito tempo. “Em 2004 cheguei a tentar abrir uma empresa certinha, mas era muito burocrático e os impostos me desanimaram”, conta. Na época Maria desistiu, mas no ano passado, quando soube da Lei do Empreendedor Individual, a esperança do negócio formal renasceu. Ao procurar o Sebrae, soube que a i n iciat iva ainda não havia chegado a MS, mas ela soube esperar. No dia 8 de fevereiro o Portal do Empreendedor ficou disponível para os informais do Estado e então a trabalhadora pôde enfim realizar o sonho da empresa formal. “Sou empreendedora individual desde o dia 10, vou pagar R$ 62,10 por mês e ainda registrar minha funcionária”, conta, revelando otimismo e expectativa de que, a partir da iniciativa, o negócio – que rende cerca de R$ 2 mil por mês com a venda de 40 cestas e 300 telemensagens – só vai crescer a cada dia. (AM)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação
FELIZ ANIVERSÁRIO

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação

Diretor de presídio federal diz que Name não precisa de ajuda
CRIME ORGANIZADO

Diretor de presídio diz que Name não precisa de ajuda

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância
BRASÍLIA

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância

Deputados cobram vistoria <br>contra incêndio em hospitais
RISCOS

Deputados cobram vistoria contra incêndio em hospitais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião