ESPORTE

Torcida atira garrafa e jogo do Alemão é suspenso

Torcida atira garrafa e jogo do Alemão é suspenso
01/04/2011 23:00 - ESTADÃO


Tido como a mais carismática da Europa, a torcida do St. Pauli deu um exemplo negativo nesta sexta-feira. Quando o time de Hamburgo perdia por 2 a 0 para o Schalke 04 e faltavam três minutos para o final do jogo que abriu a 28.ª rodada do Campeonato Alemão, um torcedor atirou uma garrafa de cerveja no campo, obrigando o árbitro a encerrar a partida.

Raúl e Julian Draxler, um no primeiro e outro no segundo tempo, haviam marcado para os visitantes quando o incidente paralisou a partida, que acabou por ser encerrada antes da hora. A torcida reclamava contra a atuação do árbitro, que anulou um gol e expulsou dois jogadores do St. Pauli.

"Devo me desculpar com o árbitro. Isso não tem nada a ver com futebol. Lançar coisas da arquibancada é algo que não tem explicação, mesmo que alguém não esteja de acordo com o rendimento do árbitro no jogo", disse o técnico do St. Pauli, Holger Stalisnawski.

A vitória levou o Schalke temporariamente à nona posição, ultrapassando o Hoffenheim nos critérios de desempate. O St. Pauli é somente o 16.º, com 28 pontos, e na zona de rebaixamento. Uma vitória em casa faria o time de Hamburgo ultrapassar o Stuttgart e sair desta situação. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".