Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

BANCO CENTRAL

Tombini prevê que crescimento será de 4%

19 JUN 2012Por agência brasil16h:00

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse hoje (19) que o Brasil vai crescer a um ritmo de 4% no quarto trimestre do ano, na comparação com igual período do ano passado. E que no primeiro semestre de 2013 a taxa de crescimento será acima de 4,5%.

Segundo Tombini, essa trajetória baseia-se em fatores como a sustentação da demanda doméstica, redução da taxa básica de juros e flexibilização das regras de recolhimento compulsório, que, de acordo com o presidente, melhora as condições de liquidez do sistema financeiro.

“A perspectiva de crescimento da economia brasileira é positiva. O crescimento irá se acelerar ao longo dos próximos trimestres. Nosso sistema financeiro é sólido, bem capitalizado, com níveis elevados de liquidez, provisão bem acima da média das principais economias avançadas e emergentes”. Tombini participou de debate, na capital paulista, promovido pela revista Istoé Dinheiro, com quatro ex-presidentes do BC: Pérsio Arida (1995), Gustavo Franco (1997 a 1999), Armínio Fraga (1999 a 2003) e Henrique Meirelles (2003 a 2011).

Dentre os fatores que permitem a sustentação da demanda doméstica no país, Tombini destacou a geração de empregos e renda. “A economia brasileira continua gerando empregos e renda. Nos últimos 12 meses foram criados quase 1,4 milhão de novos postos de trabalho. A renda real do trabalhador permanece em ascensão. E isso se deve, dentre outros fatores, a queda da inflação”.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também