Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

TJ nega pedido de habeas-corpus de Miguel Bacargi

1 OUT 2008Por 16h:18
     
        
        

O empresário Miguel Bacargi, preso na manhã de ontem (30), teve o pedido de habeas-corpus negado pelo Tribunal de Justiça. Por conta isso, o empresário, que é suspeito de ter mandado matar o tatuador Luciano Estevão dos Santos, o Johnny, continua preso.

O advogado de Miguel, Valdir Custódio, obteve o pedido de habeas-corpus na tarde de ontem e foi negado na manhã de hoje (1º). Esta é a segunda vez que o empresário é preso. A polícia prendeu Bacargi novamente depois de descobrir que com a ajuda de um policial civil aposentado, Celino Antônio Cabral, Miguel contratou um pistoleiro.

Leia Também