Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TJ do DF condena mulher a pagar R$ 18,8 mil a marido traído

16 AGO 12 - 23h:00g1

A 6ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou uma mulher a indenizar em R$ 10 mil o ex-companheiro e ressarci-lo em R$ 8,8 mil por tê-lo enganado, dizendo que a criança que nasceu durante o relacionamento dos dois era filha dele. A decisão foi unânime. Não cabe recurso no órgão.

De acordo com a denúncia, eles viveram em união estável durante dois anos e a menina nasceu nesse período. O homem pediu exame de DNA após o fim da união e comprovou que a criança não era filha dele. Ele pediu indenização por danos morais e ressarcimento pelos gastos que ele teve durante o relacionamento.

Os magistrados entenderam que houve dano moral na omissão da verdadeira paternidade da criança, mas acreditaram não ser cabível a devolução de todos os valores investidos durante o relacionamento. Eles determinaram que fossem ressarcidos apenas os gastos com a criança, como plano de saúde e mensalidades escolares.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

78 SETORES

Autorização para trabalho aos domingos e feriados será permanente

MERCADO FINANCEIRO

Dólar recua 1% e tem maior queda do mês com declarações de Trump e Draghi

Nove são presos por suspeita de envolvimento com furto de cocaína em delegacia
INVESTIGAÇÃO EM SIGILO

Nove são presos por envolvimento com furto de cocaína em delegacia

Acusada de negligência, prefeitura renova licença do Alphaville 3
DEZ ANOS

Acusada de omissão, prefeitura renova licença do Alphaville

Mais Lidas