Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

futebol

Tite nega rusgas com Roberto Carlos e Bruno César

14 FEV 2011Por folha online10h:37

Tite nega rusgas com Roberto Carlos e Bruno César

Publicidade

DE SÃO PAULO

Envolto com o anúncio da aposentadoria do atacante Ronaldo nesta segunda-feira, o técnico Tite ainda tem que lidar com outros dois assuntos no elenco do Corinthians: a saída do lateral esquerdo Roberto Carlos e o afastamento do meia Bruno César.

Na noite deste domingo, após o empate por 0 a 0 com o Paulista, em Jundiaí, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, o treinador do time do Parque São Jorge descartou que tenha tido problemas ou qualquer atrito com os dois jogadores.

Para o caso do ex-camisa 6 da equipe, o comandante negou que tenha "barrado" o veterano da partida contra o Tolima (COL), que marcou a eliminação do clube na Taça Libertadores, e acrescentou que ele estava lesionado. Um dia antes daquele jogo, Roberto Carlos disse que estava machucado. Segundo a diretoria corintiana, o jogador só se recuperou da lesão nesta semana.

"Volto a dizer, confiem na pessoa que está falando. Entre eu e o Roberto [Carlos] não teve nada. Teve uma lesão diagnosticada e ele não tinha a intensidade de jogar uma partida com tamanha exigência. Ele queria jogar. Tenho respeito pelo Roberto e ele sabe o que aconteceu", afirmou.

Já para Bruno César, que na última terça levou a público o seu descontentamento por ficar fora da equipe nas últimas partidas, o comandante corintiano apontou a queda no rendimento do meia como fator determinante para sacar o jogador do time titular.

Desde a partida de volta diante do Tolima, no dia 2 fevereiro, que o camisa 10 passou a ficar de fora da equipe. No último jogo do clube, diante do Ituano, ele não foi relacionado por estar com uma lesão no músculo adutor da coxa direita.

"Passamos por um momento técnico da equipe e dele que não vinham bem. Daí, começou a entrar o Danilo e o Bruno foi para o banco. Depois, ele não entrou bem contra o São Bernardo. Mas, hoje, ele está machucado, por isso não vem sendo relacionado", justificou Tite.

Leia Também