sexta, 20 de julho de 2018

FUTEBOL

Tite escala reservas e provoca titulares

30 JAN 2011Por FOLHA ONLINE10h:08

O Corinthians que Lula vai ver hoje ao vivo não terá Ronaldo nem Roberto Carlos. O único titular a enfrentar o São Bernardo hoje, às 19h30, será o goleiro Júlio César.

Os demais serão poupados para o jogo mais importante da semana --e do ano até aqui-- contra o Tolima, quarta-feira, na Colômbia, pela Taça Libertadores.

O Corinthians, com uma partida a menos que os principais rivais, começou a rodada fora da zona de classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista.

O técnico Tite quer usar o jogo contra o São Bernardo para observar seus reservas.

O treinador não descarta promover algum deles a titular na quarta-feira, quando precisa vencer ou empatar com gols em Ibagué, para conseguir avançar à fase de grupos da Libertadores.

"O jogo de domingo [hoje] vai me dar algumas referências para o jogo de quarta-feira", disse Tite. Nos quatro jogos que o Corinthians fez em 2011, o treinador usou sempre a mesma base.

Agora, promove uma mudança radical com a esperança de que os reservas ponham pressão sobre os titulares. "Eu quero [deles] a ambição, a concorrência interna", explicou o técnico.

Nos dois primeiros jogos do ano --contra Portuguesa e Bragantino--, o Corinthians atuou no 4-4-2, já que não pôde ter Jorge Henrique num jogo e Ronaldo no outro.

Nas duas partidas seguintes --Noroeste e Tolima--, Tite armou o time com o trio de atacantes que se consagrou dois anos atrás pelas mãos de Mano Menezes.

Mas o tridente formado por Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo não funcionou. Bruno César, o meia responsável por municiar esse ataque, ainda não conseguiu repetir as boas atuações da temporada passada.

Nesse cenário, os jogadores de meio e ataque são os que têm mais chances de impressionar Tite hoje e cavar uma vaga no time que vai enfrentar o Tolima na quarta.

Por mais que escalar a tabela de classificação do Estadual não seja a maior prioridade do time agora, o Corinthians precisa somar pontos contra o São Bernardo.

Na próxima semana, depois de voltar de uma desgastante viagem até a Colômbia, o time vai enfrentar seu primeiro clássico deste ano, contra o Palmeiras.

Desde que voltou ao clube, na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, Tite se deu bem em clássicos: bateu Palmeiras e São Paulo.

Mas o treinador sabe que convém não chegar à próxima rodada desesperado por uma vitória. "A gente sabe da pressão aqui, tem que ganhar domingo, tem que ganhar quarta-feira."

 

Leia Também