quarta, 18 de julho de 2018

ENTRETENIMENTO

Titãs e Jennifer Magnética dividem palco em Campo Grande no domingo

13 OUT 2010Por VIVIANNE NUNES E ASSESSORIA09h:18

A banda de rock nacional Titãs se apresenta no próximo domingo em Campo Grande na edição de aniversário do projeto MS Canta Brasil, que pode chegar a marca de público com um milhão de pessoas no Parque das Nações Indígenas.

Quem abre o espetáculo são os campograndenses da Jennifer Magnética.

Segundo informações da Agência Notícias, do Estado, o projeto tem uma média de público de 34 mil pessoas e o recorde absoluto ficou com Seu Jorge, que levou 85 mil pessoas ao MS Canta Brasil.

O projeto tem uma média de público de 34 mil pessoas, e o recorde absoluto é do carioca Seu Jorge, que em agosto de 2009 levou 85 mil pessoas para o MS Canta Brasil em Agosto do ano passado.

Jennifer Magnética

Uma banda de rock ‘psico-indie’ formada por Diogo Zarate (bateria), Jean Stringheta (guitarra) e Rodrigo Faleiros (baixo). O som cheio de influências e o virtuosismo dos músicos é a marca do trio que faz apresentações nos bares campo-grandenses. A banda já tem três CDs “O Verdadeiro Underground” (lançamento), “Placenta”, e “Licopeno”. As letras são ao mesmo tempo reflexivas e divertidas, escolhas certeiras de arranjos e presença de palco são alguns dos ingredientes usados pelos “magnéticos” para conquistar seu público.


Para este MS Canta Brasil à banda campo-grandense apresenta o show de seu último trabalho “O Verdadeiro Underground”. O show utiliza novos recursos sonoros e tecnológicos que tem aberto possibilidades inexploradas até então pela banda. Utilizando-se de alguns ‘samplers’, sons previamente gravados e reproduzidos durante a apresentação, a banda tem realizado um show cada vez mais coeso, animado e divertido.

TITÃS

No fim dos anos 70, em plena ditadura militar, um colégio em São Paulo se tornou um dos poucos pontos de resistência cultural. No palco do ‘Equipe’ se apresentavam artistas de peso da música brasileira como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Clementina de Jesus e Cartola. Com essa efervescência, foi natural que os jovens com interesses artísticos acabassem se aproximando e criando espaços próprios. O evento "A Idade da Pedra Jovem", promovido por essa turma em 1981, marcou a estréia de Sérgio Britto, Arnaldo Antunes, Paulo Miklos, Marcelo Fromer, Nando Reis, Ciro Pessoa e Tony Bellotto num mesmo palco. Juntos, eles formavam o grupo Titãs do Iê-Iê, uma brincadeira para descontrair uma programação apresentada por gente com mais experiência do que aqueles meninos.

Hoje, com mais e 29 anos de estrada, a banda acumula números inimagináveis no currículo. Desde o primeiro LP, “sonífera ilha”, lançado em 1984, até o último CD “Sacos Plásticos”, foram 16 álbuns, milhares de shows e uma multidão de seguidores.

Os dinossauros do rock nacional trazem para o ‘MS Canta’ o show "Sacos Plásticos". Branco Mello (voz e baixo), Paulo Miklos (voz e guitarra), Sérgio Britto (voz, teclados e baixo) e Tony Bellotto (guitarra) tocam pela primeira vez, em Campo Grande, com o novo baterista Mario Fabre. A banda apresenta seus novos sucessos "Porque eu sei que é amor", "Antes de você", "Sacos plásticos" e "A estrada", além dos clássicos "Televisão", "Go back" e "Diversão".

Leia Também