Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 17h06min

BRASIL

Timor-Leste quer rever 'acordos envelhecidos'

12 MAR 11 - 13h:54AGÊNCIA BRASIL

Brasil e Timor-Leste vão rever os moldes do acordo de cooperação bilateral, definindo as áreas prioritárias e as ações de curto, médio e longo prazos, anunciou hoje (12) o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão.

Xanana Gusmão falou aos jornalistas no regresso à capital Díli, após visitar Estados Unidos, Cuba, Brasil e Inglaterra. Ele afirmou que foram abordados os programas de cooperação no seu encontro com a presidente brasileira, Dilma Rousseff. “Foram assinados alguns acordos, mas, para além de áreas especializadas como educação e justiça, eu disse à presidente Dilma [Rousseff] que nós vamos rever tudo isso. Fui ao Brasil para fazer uma revisão de acordos envelhecidos”, acrescentou Xanana Gusmão.

O primeiro-ministro disse que a nova orientação vai no sentido de haver “uma programação mais efetiva e de visão integrada” no relacionamento com o Brasil. “O meu governo vai estudar todas as áreas de cooperação a longo, médio e curto prazos, de forma a ter uma visão integrada, para não acontecer que cada ministro que vai ao Brasil quer tudo para o seu ministério, e ficamos com uma infinidade de pedidos, de que não se dá conta do recado”, explicou.

“Vamos redefinir tudo, de maneira a que, tanto uma parte como a outra, tenham uma base mais programada”, concluiu evitando confirmar se foi abordado especificamente o possível apoio brasileiro à criação de uma força aérea no âmbito das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL).

Quanto à visita a Cuba, Xanana Gusmão afirmou que foi agradecer o apoio cubano à formação de médicos timorenses e mostrou a disposição de Timor-Leste em continuar a formar seus médicos em Cuba, ainda que, agora, passe a custear as respetivas despesas. “Comprometemo-nos a financiar as despesas necessárias porque é mais do nosso interesse do que do dos cubanos”.

A saída da missão das Nações Unidas (ONU) do país após as eleições de 2012 foi o principal assunto que levou o primeiro-ministro aos Estados Unidos, onde discursou no Conselho de Segurança da ONU.

Xanana Gusmão afirmou que a responsabilidade do comando do policiamento na cidade de Díli deverá passar, este mês, da polícia das Nações Unidas (Unpol) para a Polícia Nacional do Timor-Leste.

O primeiro-ministro mostrou-se satisfeito com a forma como tem decorrido o processo de certificação dos polícias timorenses, sob supervisão das Nações Unidas, por considerar que oferece garantias de credibilidade e que tem sido condição para a transferência gradual da responsabilidade de policiamento no território.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Desbloqueio de rio pela PF resulta   em confronto com manifestantes
RIO PARAGUAI

Desbloqueio de rio pela
PF resulta em confronto

PM encontra 185 quilos de droga em residência no bairro Itamaracá
TRÁFICO

PM encontra 185 kg de droga em residência no Itamaracá

Governo espera resultado de prova para avaliar novo concurso
PROFESSORES

Estado espera resultado para avaliar novo concurso

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro
BRASIL

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro

Mais Lidas