Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quarta, 20 de fevereiro de 2019 - 20h32min

Timão tenta encerrar jejum de sete jogos sem vencer o clássico

31 JAN 10 - 07h:45
O primeiro clássico que o Corinthians disputará no ano do seu centenário será “em casa”, contra o maior rival e terá importância histórica na definição da ponta da tabela do Campeonato Paulista. Às 16h (MS) de hoje, no Pacaembu, o Timão tentará encerrar com um jejum de sete partidas sem vencer o Verdão e ainda chegar à liderança isolada. Corinthians e Palmeiras têm 8 pontos cada no Paulistão, assim como o Ituano, mas o time do Parque Antártica leva vantagem no desempate. No Corinthians, Mano Menezes não contará com a sua principal estrela. Ronaldo contundiu a coxa direita no empate com o Mirassol e foi vetado pelo departamento médico. Roberto Carlos estará em campo contra o ex-clube. O restante da equipe titular, no entanto, é difícil de definir com exatidão. Mano optou por um rodízio neste início de temporada. No Palmeiras, o técnico Muricy Ramalho tem dúvidas. O zagueiro Léo e o meia Diego Souza vão ficar em tratamento intensivo até momentos antes do jogo. Já o lateral esquerdo Gabriel Silva e o zagueiro Maurício Ramos foram vetados. As boas notícias foram a liberação do goleiro Marcos e, sobretudo, do meia Cleiton Xavier. Na vitória contra o Monte Azul, o camisa 10 deixou o gramado com dores na coxa direita. Mas tudo não passou de um susto. Mesmo com a invencibilidade no Estadual, o técnico Muricy Ramalho observa problemas no Palmeiras. No ataque, ele quer melhorar o poder de finalização de seus atletas, considerado o principal defeito no triunfo contra o Monte Azul. Os demais jogos da rodada são: Mogi Mirim x Bragantino, Portuguesa x Botafogo, Rio Branco x Ponte Preta, Sertãozinho x São Paulo, Paulista x Mirassol, Ituano x Santo André.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Pescadores propõem redução gradativa da cota até metade da atual
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Pescadores propõem redução gradativa da cota para pesca

CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

Moody's diz que reforma é abrangente e, se aprovada, dará suporte a nota de crédito do país

O Brasil não tem selo de bom pagador pela Moody's.
MS deve receber 34 novos profissinais pelo Mais Médicos em marco
MAIS MÉDICOS

MS deve receber 34 novos médicos em março

Empregadores devem entregar declaração até 5 de abril
RAIS 2018

Empregadores devem entregar declaração até 5 de abril

Mais Lidas