Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Mundial de Clubes

Timão nega desmanche e promete reforços

9 JUL 2012Por Gazeta Esportiva09h:01

O Corinthians deverá contar com um elenco reformulado, diferente daquele que foi campeão da Copa Libertadores da América, para a disputa do Mundial de Clubes no final do ano. Ao mesmo tempo em que rejeitam classificar como um “desmanche” as saídas de alguns jogadores, os dirigentes prometem reforços para o técnico Tite.

“É importante deixar bem claro que a diretoria não pensa em desmanche, e sim em trazer atletas. Vamos frisar bem isso, pois existe uma pressão externa que fala em desmanche. Estamos preocupados com reforços, atentos ao mercado e encaminhando algumas situações. A torcida pode ficar tranquila porque queremos nos fortalecer”, discursou o gerente de futebol Edu Gaspar.

Por enquanto, contudo, o Corinthians só se despediu de jogadores depois de ser campeão continental. O zagueiro Leandro Castán se transferiu para a Roma, da Itália, enquanto o atacante Willian foi liberado para acertar com o Metalist, da Ucrânia. Menos utilizados por Tite, o lateral esquerdo Ramon deverá ser emprestado ao Flamengo, e o avante Gilsinho defenderá o Sport.

“Perdemos o Leandro Castán, e o Gilsinho não vinha jogando tanto. O Willian também não. Mas podemos trazer reposições. Não preciso negar que queremos um número nove. Vamos continuar batalhando. Ainda estamos atentos a outras posições, às necessidades do elenco. Queremos continuar fortes no Campeonato Brasileiro. Não abriremos mão de uma competição tão importante”, avisou Edu.

Além de contratar jogadores, portanto, o Corinthians precisa também segurar aqueles que despertaram atenções de outros clubes. O volante Paulinho, por exemplo, interessa à Internazionale, da Itália. “Eles têm que convencer três partes: o Pão de Açúcar, o BMG e o Corinthians, que são parceiros. A negociação não é tão fácil. Antes de aparecer uma proposta, vamos sentar com o Paulinho, com os parceiros e ver o que é melhor para todos. Queremos fazer um bom negócio para o jogador ficar, até porque ele já disse que está feliz aqui”, disse o gerente de futebol.

Edu não quis se estender sobre as possibilidades de o meia Alex e o zagueiro Chicão também deixarem o Corinthians. “Não vamos trabalhar em cima de especulações. É normal que exista isso, até pela grande campanha que fizemos. Mas só vamos pensar a partir do momento em que as propostas surgirem. Estamos tranquilos. Até agora, não chegou nada por esses atletas. Volto a tranquilizar os torcedores: não é nossa intenção fazer desmanche”, repetiu.

Segundo o dirigente, o clube tentará reforçar o seu elenco com jogadores experientes, mas não necessariamente com astros – como fizeram o Internacional com Diego Forlán e o Botafogo com Seedorf. “Estamos atrás de altas que sejam titulares há bons anos em seus clubes, marcando gols e tendo participações importantes. Garanto que estamos atentos a isso. Não procuramos grandes estrelas, e sim quem possa suprir as necessidades do nosso elenco”, concluiu.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também