Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Timão enxuga lágrimas de desclassificação com vitória

9 MAI 2010Por 19h:00
     

        Da redação

        O Corinthians enxugou as lágrima pela eliminação na Libertadores e venceu na estreia no Campeonato Brasileiro. Jogando com dois homens a mais durante boa parte do segundo tempo, o time de Mano Menezes bateu o Atlético Paranaense por 2 a 1, de virada. Souza fez um dos gols da equipe paulista e sofreu o pênalti para o gol de Disposto a virar a página da Libertadores 2010, o Corinthians entrou em campo com novo uniforme e mostrando disposição. Como é de hábito, o time buscou manter a posse da bola e teve até duas boas chances de marcar ainda no primeiro tempo, ambas em enfiadas de Roberto Carlos. Na primeira, Danilo dominou na área, mas demorou para finalizar e acabou desarmado. Na segunda, Ronaldo mergulhou na pequena área, mas não alcançou para fazer o desvio.

        Praticante jogando apenas para se defender, o Atlético pouco ameaçou o gol de Felipe, ainda mais após a expulsão de Paulo Baier, pouco depois dos 40.

        Apesar disto, foi o Atlético quem marcou, graças uma falha de Felipe. Wagner Diniz bateu falta de muito longe, alçando na área. Leandro ainda tentou o desvio, não tocou na bola, mas acabou enganando o goleiro corintiano, aos 46.

        Com um a mais, e mantendo a postura ofensiva no segundo tempo - ainda mais após as entradas de Jucilei e Souza, ainda no intervalo -, o Corinthians não demorou em empatar, aos 14.

        Roberto Carlos fez outro grande passe, Ronaldo fez o corta-luz e a bola chegou para Souza, que deu uma bela finta em Bruno Costa na meia-lua e bateu no canto, sem chance para Neto.

        O Atlético, que se preocupava mais em se defender do que atacar, passou lutar ainda mais para segurar o resultado após a marca de 27, quando o goleiro Neto acabou expulso, após entrada violenta em Dentinho, em uma jogada de contra-ataque do Corinthians. O goleiro reserva João Carlos entrou no lugar do atacante Marcelo para suprir a posição.

        Pressionando, o Corinthians chegou à virada, e a vitória, em um lance polêmico. Jorge Henrique cruzou da direita e Souza caiu na disputa com Alan Bahia. O árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou pênalti no lance. Ronaldo bateu bem, aos 39, e deu números finais ao placar.

        Na próxima rodada, o Corinthians visita o Grêmio, no Estádio Olímpico, no domingo. No mesmo dia, o Atlético Paranaense recebe o Guarani, na Arena da Baixada, em Curitiba. (DO Estadão)

Leia Também