Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

CAMPEONATO BRASILEIRO

Timão defende a liderança em clássico contra o Santos

22 SET 2010Por 16h:30

São Paulo

O Corinthians defenderá a liderança do Campeonato Brasileiro pela primeira vez após ultrapassar o Fluminense na tabela de classificação. Hoje, às 21h (MS), na Vila Belmiro, a equipe comandada por Adilson Batista fará um clássico repleto de rivalidade com o Santos, que atravessa momento turbulento.
Com 44 pontos, o Corinthians precisa da vitória para se manter distante de Fluminense (que tem 42 e enfrentará o Atlético-MG na quinta-feira) e Cruzeiro (com 41, receberá o Ceará hoje à noite). O Santos totaliza 35 e ainda sonha com o título, embora esteja mais preocupado com os atos de indisciplina de seu principal destaque.
Neymar ofendeu o técnico Dorival Júnior no final da vitória sobre o Atlético-GO, na semana passada, irritado por ser impedido de cobrar um pênalti. Foi afastado do jogo contra o Guarani e também não jogará hoje. “Ele não joga. Acho que estou fazendo o melhor para o atleta. Houve uma situação desagradável, uma indisciplina. Ele está punido por tempo indeterminado”, disse Dorival.
Pelo Corinthians, a maioria dos jogadores preferiu não polemizar com Neymar. No último clássico contra o Santos realizado na Vila Belmiro, o atacante criou polêmica ao aplicar um chapéu no zagueiro Chicão com o jogo paralisado. “Mas não existe revanchismo. Já vencemos o Santos depois disso (4 a 2, no Pacaembu) e temos uma motivação maior”, afirmou o capitão William.
Quem também ficará fora de campo, pelo Corinthians, é o atacante Ronaldo, recuperando-se de um edema na panturrilha. Assim como o seu parceiro Dentinho e o zagueiro Chicão, que seguem contundidos.
Já Dorival Júnior terá o desfalque do zagueiro Edu Dracena, suspenso. No ataque, sem Keirrison, lesionado, Marcel é quem jogará.

Leia Também