Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MAUS-TRATOS

Thiaguinho e equipe irão depor sobre agressão a cadela

4 JUL 12 - 00h:00TERRA

O cantor Thiaguinho, ex-vocalista do grupo Exaltasamba, e a equipe da sua banda serão intimados a depor na Delegacia de Defesa do Animal de Campinas. Segundo o delegado Erivelton Piva Júnior, eles deverão esclarecer as causas que levaram um funcionário do músico a jogar uma bomba caseira em uma cadela, no sábado. O fato aconteceu quando o grupo deixava um hotel da cidade em uma van, rumo ao show em Sumaré. Com a explosão, o animal quebrou o maxilar, perdeu dentes, rompeu o tímpano e teve queimaduras na língua e no céu da boca. A cachorra corre o risco de ficar surda. Thiaguinho, que não estava presente e nem hospedado no local, repudiou a atitude do colega.

"Após apurar os fatos e constatar que o acidente envolvendo um membro da sua equipe realmente aconteceu, Thiaguinho já tomou as devidas providências. E o responsável já foi desligado de sua equipe", informou sua assessoria de imprensa. O funcionário que jogou o artefato ainda não se apresentou na Delegacia do Animal. Caso ele compareça e assuma a responsabilidade pelo ocorrido, explica o delegado Piva, os demais integrantes da banda podem ser dispensados.

Na noite de segunda-feira, Thiaguinho afirmou que vai custear o tratamento da cadela, que está internada em um hospital veterinário. "Eu cumprirei com tudo que disse. Essa semana, irei pessoalmente visitar o animal, custear o tratamento e ver a possibilidade de adoção."
O crime para maus-tratos em animais está previsto no artigo 32 do Código Penal, com pena de três meses a um ano de detenção e multa.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BOLÍVIA

Evo admite que não deveria ter buscado 4º mandato e partido anuncia candidato

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação
SURTO NO MOTEL

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação

Há intervalo de 3h entre momento que casal chegou ao motel e surto de mulher, diz delegado
SURTO NO MOTEL

Há intervalo de 3h entre momento que chegaram e surto de mulher, diz delegado

De quase 50 mil candidatos, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem em MS
NOTA 1000

De quase 50 mil candidatos em MS, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião