Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Costa Rica

Testemunha diz que jovem foi esquartejada

22 MAR 2011Por DA REDAÇÃO08h:09

O delegado de Polícia Civil de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos, prendeu na última sexta-feira, Robson Mendes de Oliveira, Inácia Campos, esposa de Robson,  e Celso Maldaner dos Santos, conhecido como Gaúcho, por serem os principais suspeitos no desaparecimento da jovem Vanessa Ferreira da Silva Nunes, há cinco anos. 

Uma das testemunhas disse em depoimento que Vanessa mantinha relacionamento com Robson e Gaúcho, e que passou a se envolver com um terceiro homem, o que não agradou a dupla. O delegado deve ouvir em breve esse terceiro homem, que já não mora na cidade.

A testemunha conta que a jovem estava na casa de Robson quando foi agredida pelos acusados e teve o braço cortado, ainda viva. Em seguida, os acusados teriam cortado a barriga de Vanessa para retirar o bebê.

Após todas essas torturas, a testemunha conta que Vanessa foi esquartejada e enterrada no Centro Municipal de Eventos Ramez Tebet.

Durante a construção do Centro de Eventos, ossos e cabelos foram encontrados no local e jogados na saída para Figueirão, mas na época nada foi comprovado.

Osso

No último dia 7 de março, durante escavações na residência de Robson e Inácia, foi encontrado um osso, que está passando por perícia para constatar se é humano ou não. Se for, será feito o DNA. O delegado aguarda o resultado dos exames e prossegue nas investigações.

Vanessa desapareceu em 2006, na época tinha 15 anos e estava grávida de três meses. 

Com informações Costa Rica em Foco

Leia Também