Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Terremoto deixa dias mais curtos

3 MAR 10 - 06h:08
O terremoto de magnitude 8.8 que afetou o Chile no último sábado pode ter deixado os dias na Terra mais curtos. A suspeita é do cientista Richard Gross, do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da Nasa, a agência espacial americana. Isso teria ocorrido por uma mudança na rotação do planeta. Gross utilizou-se de um modelo complexo para fazer o cálculo, que detectou a redução de 1,26 microssegundo (um segundo por um milhão) no dia. O tremor deslocou o eixo do planeta em aproximadamente 8 centímetros. O mesmo modelo foi utilizado para calcular o impacto do terremoto de 9.1 registrado em Sumatra, em 2004. Na ocasião, a redução no dia foi de 6,8 microssegundos e a alteração no eixo da Terra foi de 7 centímetros. O cientista explica que, embora o tremor do Chile tenha sido menor que o de 2004, ele afetou mais a Terra por causa da localização do fenômeno (no primeiro caso, era mais próximo da linha do Equador) e da profundidade da falha que causou o segundo terremoto, que envolvia um ângulo de inclinação mais acentuado.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Demanda por atendimento em saúde mental em Brumadinho cresce 400%
UM ANO DEPOIS

Demanda por atendimento em saúde mental em Brumadinho cresce 400%

Professores começam a negociar reajuste de 12,84% do piso nacional
EDUCAÇÃO

Professores começam a negociar reajuste de 12,84% do piso nacional

Redução do preço da energia solar tem sido vertiginosa, diz EPE
BRASIL

Redução do preço da energia solar tem sido vertiginosa, diz EPE

Detentos vão fazer limpeza e manutenção de espaços públicos da Capital
ACORDO

Detentos vão fazer limpeza e manutenção de espaços públicos da Capital

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião