Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 17h03min

japão

Terremoto ameaça interromper exportações de veículos

11 MAR 11 - 18h:13estadão

O grande terremoto que atingiu o Japão nesta sexta-feira ameaça interromper exportações de veículos e autopeças do país para os Estados Unidos nos próximos meses, em um momento de recuperação da indústria.

Todos os principais portos do Japão foram fechados nesta sexta-feira depois do tremor de magnitude 8,9 e do tsunami que o sucedeu. Se os portos continuarem fechados por um período prolongado, as exportações de carro do país para a América do Norte poderão atrasar, disseram analistas.

"É uma situação muito grave", disse Dennis Virag, presidente da Automotive Consulting Group.

"O Japão tem portos excelentes e eles farão parte dos esforços de resgate. Não sei quanto das embarcações (que não fazem parte dos trabalhos de resgate) vai ficar fora por um tempo", acrescentou.

As fábricas norte-americanas de veículos também podem ser afetadas se embarques de autopeças japonesas forem atrasados, disse Virag.

A Toyota informou que parou produção em duas fábricas de montagem de veículos e em uma fábrica de autopeças no norte do Japão.

O menor carro da Toyota vendido no mercado norte-americano, o Yaris, é produzido em uma das fábricas fechadas, que fica próxima de Sendai.

"A situação exige atenção", disse Leiker, em nota a clientes. "O Japão exporta componentes ao redor do mundo e isso pode ter um efeito de onda em todas as partes", disse David Leiker, analista do Baird.

A fábrica da Toyota de autopeças Tohoku foi fechada e a produção na unidade criada em parceria com a Panasonic e que fabrica baterias para veículos híbridos foi suspensa.

Uma fábrica de autopeças da Honda no Japão também foi fechada. A unidade produz componentes de transmissão.

A Nissan parou a produção em todas as suas quatro fábricas de veículos no Japão, incluindo unidades gravemente atingidas pelos efeitos do tremor que ficam em Tochigi e Fukushima.

Todas as cinco fábricas de veículos e componentes da marca Subaru interromperam operações, segundo a Fuji Heavy Industries, controladora da montadora.

A produção de veículos representou 17 por cento da produção industrial do Japão em 2008, segundo a Baird. A grave crise nas vendas de veículos nos EUA em 2008 e 2009 acabou obrigando o fechamento de muitas empresas de autopeças e forçou outras a reduzirem drasticamente suas atividades.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Desbloqueio de rio pela PF resulta   em confronto com manifestantes
RIO PARAGUAI

Desbloqueio de rio pela
PF resulta em confronto

PM encontra 185 quilos de droga em residência no bairro Itamaracá
TRÁFICO

PM encontra 185 kg de droga em residência no Itamaracá

Governo espera resultado de prova para avaliar novo concurso
PROFESSORES

Estado espera resultado para avaliar novo concurso

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro
BRASIL

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro

Mais Lidas