Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Terras de lavouras e pastagens tiveram valorização de 10%

19 MAR 2008Por 23h:00
     

O aumento do preço das áreas de lavouras e de pastagens ultrapassou a marca dos 10% ao ano, entre 2000 a 2006. As terras de pastagens (10,6%) se valorizaram um pouco mais que as de lavouras (10,2%). O comportamento dos preços de terra agrícola no Brasil foi pesquisado pela Assessoria de Gestão Estratégica (AGE) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com base no FGVDados, banco de dados da FGV. Foram consultados também o Instituto de Economia Agrícola do Estado de São Paulo (IEA) e o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral).

 

O coordenador de Planejamento Estratégico do Mapa, José Garcia Gasques, apontou o crédito rural como uma das causas da valorização das terras agrícolas. O aumento do volume de recursos para os produtores e cooperativas foi de 63%.

O estudo indica que os preços internacionais e os preços internos das principais commodities agrícolas, como soja, milho e carnes também influenciaram no valor das terras.

Leia Também