domingo, 15 de julho de 2018

Tempo seco pode influenciar na hora de doar sangue

31 AGO 2010Por 18h:45
     

         O período de baixa umidade relativa do ar influencia no índice de doações de sangue realizadas no Centro de Hemoterapia e Hematologia de Mato Grosso do Sul (Hemosul). Conforme informações do centro, para doar sangue os voluntários devem estar saudáveis e o tempo seco pode ser o responsável por várias doenças respiratórias, o que impossibilita a doação e também contribui para a baixa qualidade do sangue.

        Pessoas que ficam gripadas, por exemplo, só podem doar sangue após estarem sete dias curados da doença. A desidratação também é um dos empecilhos para os doadores neste período, uma vez que é responsável pela queda da qualidade do sangue que não pode ser doado nestas condições.

        Atualmente o Hemosul possui 121.959 doadores cadastrados. Mesmo que o estoque de bolsas de sangue não esteja comprometido pelo tempo seco é importante que os doadores que estejam saudáveis doem sangue para que a baixa não ocorra nos bancos.

        Além de estarem bem de saúde, para doar sangue os voluntários precisam ter idade entre 18 e 65 anos, mais de 50 quilos, estar bem alimentado, não ter ingerido álcool nas últimas 12 horas e estar portando algum documento de identidade com foto (RG, Carteira de Trabalho ou Carteira de Habilitação).

        O horário de atendimento do Hemosul da Capital é de segunda a sexta-feira das 7h às 17h30min e no sábado das 7h ao meio-dia. O Hemosul fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1.304. Mais informações podem ser obtidas no telefone (67) 3312-1500.

Leia Também