Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

QUEDA DE BRAÇO

Temer evita comentar reforma ministerial

Temer evita comentar reforma ministerial
23/01/2014 18:45 - FOLHA PRESS


O vice-presidente Michel Temer (PMDB) evitou hoje dar detalhes sobre a reforma ministerial em preparação no Planalto.

Questionado sobre a indicação de Josué Gomes (PMDB-MG) para a pasta do Desenvolvimento o atual ministro, Fernando Pimentel (PT), deve deixá-la para concorrer ao governo mineiro, Temer se limitou a elogiar o empresário e reiterou que a decisão final será da presidente Dilma Rousseff.

"É uma grande figura, uma figura exponencial da atividade industrial brasileira, vamos esperar depois do dia 29. Depois é que virá uma decisão nessa direção", disse Temer.

Gomes é filho de José Alencar e é um dos nomes cotados pela presidente, mas ainda não se sabe se essa indicação tem o aval do PMDB que também teria indicado seu nome para concorrer ao governo de Minas Gerais.

O vice-presidente esteve na capital paulista para a inauguração do novo prédio do HCor (Hospital do Coração), substituindo a presidente Dilma Rousseff, que se encontra no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça. 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.