Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Temer decreta luto pela morte de dois deputados

12 ABR 2009Por 17h:55
     

        Da redação

        O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), vai decretar nesta segunda-feira luto oficial pela morte dos deputados João Hermann (PDT-SP)  e Carlos Wilson (PT-PE). Os dois parlamentares morreram neste fim de semana. A Casa não tinha programada para amanhã nenhuma atividade, nem em plenário nem nas comissões.

        Temer, por meio de sua assessoria, lamentou as duas mortes. O presidente da Câmara deve comparecer aos dois velórios.

        A expectativa é de que primeiro chegue a Recife, onde acompanha a despedida ao deputado Carlos Wilson. O petista morreu por volta das 22h deste sábado (11) em Recife --ele estava internado há cerca de um mês em tratamento contra um câncer.

        No primeiro mandato de Lula, entre 2003 e 2006, Carlos Wilson presidiu a Infraero, estatal que administra os aeroportos. Também foi secretário nacional de Irrigação, entre 1992 e 1993. Foi vice-governador de Pernambuco entre 1987 e 1990 e chegou a assumir o governo entre 1990 e 1991. Também foi senador por seu Estado de 1995 a 2003.

        Em seguida, Temer vai a São Paulo para o velório de Herrmann. Aos 63 anos, o deputado pedetista morreu na madrugada deste domingo em Presidente Alves (397 km a noroeste de SP). Ele passava o fim de semana prolongado de Páscoa com a família em sua fazenda, localizada no distrito de Guaricanga.

        O corpo de Herrmann será velado a partir das 18h de hoje na Prefeitura de Campinas. O enterro está marcado para as 9h de amanhã, no Cemitério da Saudade, também em Campinas.

        Além do presidente da Câmara, outras autoridades são esperadas no velório de Wilson. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava em Brasília para o feriado e descasava com parentes na residência Oficial da Granja do Torto, já chegou em Pernambuco. (irnformações da Folha de S. Paulo)

Leia Também